Dos dias 11 a 15 de Agosto a nossa equipe foi em busca das melhores condições de ondas em Florianópolis e região para registrar quem por ali desafiava a massa de água que quebrava na costa catarinense.

A primeira sessão de fotos foi ao sul da ilha no dia 11 de Agosto, onde encontramos ondas com boa formação no canto esquerdo da praia ( uma onda que não é comum quebrar)  e o tamanho estava pequeno comparando com a proporção do swell, mas isso foi pela manhã, pois durante o dia o swell foi ganhando volume e as ondas que estavam pequenas no canto esquerdo, acabaram, e o canto direito começou a funcionar. Bom, funcionar daquela forma né, rema pela vida, pois levar uma bomba dessas na cabeça, dá para ficar alguns segundos fundo do mar sendo pressionado contra a areia… hahahha

Nos dias 12 e 13 o tempo estava instável e como o vento norte estava rasgando, fomos então a praia da Joaquina, pois lá tínhamos aonde nos protegermos do mal tempo. A Joaca estava alucinante, com ondas quebrando entre 3 a 4 metros e alguns surfistas mostrando muita atitude de varar ( ou ao menos tentar) a arrebentação e dropar aquelas bombas. O pessoal do Town in nem se fala, muita atitude e disposição!

Na segunda feira dia 14, a previsão marcava a entrada do vento sul, então decidimos ir a praia de Palmas em Governador Celso Ramos para uma sessão de fotos. As ondas por lá estavam quebrando com 2 metros e algumas séries maiores no meio da praia. Estava um surf para gente grande!

No dia 15 o mar baixou bastante, a gente voltou a Palmas, mas daí o mar estava mais para manobras chegando na série umas ondas de um metro e meio.

Durante esses 4 dias de swell, muitas ondas passaram solitárias, então resolvemos compartilhar com vocês essa série de line ups para instiga-los para o próximo swell.

 

Fotos: Douglas Cominski – @dcominski

Deixe o seu comentário:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *