Teve um dia que acordamos cedo e fomos a um pico chamado Portilho em Mar del Plata, acreditando que seria uma manhã recheada de tubos. Quando chegamos nesse pico, até avistamos umas ondas quebrando, mas a maioria estava fechando rápido e antes mesmo de pensarmos em se vestir para dar a queda, o vento que estava de oeste (terral) girou e se tornou sul de moderado a forte. Então a onda ficou estranha e acabamos desistindo de fazer a session por ali.

Na volta passamos pela Playa Grande, onde estavam rolando as finais do Rip Curl Pro no canto direito e tinham altas ondas. Inconformados, prosseguimos olhando as outras bancadas e mais ao norte vimos uma onda quebrando do lado de um pier. A onda era curta e o lugar meio tenebroso, pois ficava entre um molhe de pedra e o pier. Mesmo assim, Caetano Vargas e Lucas Vicente ficaram na pilha de dar uma queda e tentar render alguma imagem com um cenário diferente.

O resultado dessa session foi animal e vocês podem conferir os melhores momentos abaixo:

 

Fotos: Douglas Cominski

 

Douglas Cominski

Deixe o seu comentário:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *